terça-feira, 11 de setembro de 2012

AMOR


O amor está entre as palavras mais mal compreendidas do nosso vocabulário, e parte deste problema está na forma que a usamos.

Diminuímos o seu significado pelo excesso de utilização. Da mesma forma que dizemos: Eu amo a minha esposa, dizemos: amo andar de moto; eu amo o esporte, eu amo a arte, eu amo isto ou aquilo.

Da mesma forma que dizemos: eu amo os meus filhos, dizemos: eu amo este ou aquele artista.

Da mesma forma que falamos: Eu amo a Deus, falamos: eu amo quando você anda deste jeito.

Utilizamos a palavra amor de maneiras tão diferentes que ela perdeu o seu sentido literal.

É difícil dar e receber o amor quando nem mesmo se sabe o que ele é. Precisamos esclarecer algumas interpretações populares e erradas a respeito do amor.

Muitas pessoas pensam que o amor é um sentimento. Que é um friozinho na barriga. Um estremecimento nas entranhas. Um mar de emoções; a ponto de confundir com hormônios.

Nota: O verdadeiro amor produz sentimentos (alguns muito fortes), mas é mais do que sentimento.

Outro erro é pensar que o amor é incontrolável. As pessoas dizem: “Não adiante, ele está amando!”, ou seja, ele perdeu a noção; não ouve ninguém. Tá dominado.

Ou então o oposto: Não tenho culpa simplesmente não amo mais. Acabou!

Falamos como se o amor fosse incontrolável, mas a Bíblia diz que o amor é controlável. Jesus ordenou que amássemos uns aos outros. E isto indica que temos controle sobre quem amamos ou não.

O amor depende de duas coisas. A primeira é uma questão de escolha. E a escolha sempre nos dá a oportunidade de decidir - fazer ou não fazer; querer ou não querer.

Se o amor fosse um sentimento não teríamos este mandamento: “Amar ao próximo como a si mesmo”. Não podemos ordenar um sentimento, mas podemos ordenar uma escolha. Portanto, o amor é controlável.

A segunda diz que o amor é uma questão de conduta - Algo que fazemos. Portanto, é uma ação e não um sentimento. O apóstolo João expressou-o dessa maneira:

Filhinhos, deixemos de dizer apenas que amamos as pessoas; vamos amá-las realmente e mostrar isto pelas nossas ações. 1Pe 3.18 BV

Com demasiada frequência amamos com palavras, mas não com atos.

Nota: Tem um exemplo que seria engraçado se não fosse trágico. Conta-se que um jovem disse a sua noiva: “Querida, eu a amo tanto que morreria por você”. Ela respondeu: “Você sempre diz isso, mas nunca faz”.

O amor é mais do que palavras. É mais do que sentimentos. Quando a Bíblia fala no amor de Deus por nós, e do tipo de amor que devemos ter por Ele, (e pelas outras pessoas), é sempre um compromisso. É sempre uma forma de agir.

A verdade é que a nossa vida está cheia de pessoas que não gostamos.

Nota: Não gostamos do jeito que algumas pessoas falam. Da maneira que agem, da roupa que vestem e nem como se comportam.

É fácil amar pessoas gentis e amáveis; é fácil amar aqueles que nos amam, que nos honram e que são agradáveis, mas para Deus nos ensinar a amar, Ele vai usar pessoas difíceis de amar. Deus vai nos colocar junto às pessoas que não são amáveis.

Cada um de nós é difícil de ser amado em algum momento, (por algum tempo), mas algumas pessoas são difíceis de serem amadas o tempo todo.

Jesus nunca exigiu que tivéssemos um afeto caloroso por todos. Ele só nos mandou fazer aquilo que Ele fez - Ele não tinha emoções calorosas pelos fariseus.

Nota: Não precisamos gostar de todos, mas devemos amá-los.

Jesus deu a vida, também pelos fariseus - por aqueles que O rejeitaram, caluniaram, maltrataram e crucificaram. Ele os amou em obras e em palavras, quando disse: “Pai perdoa-os...”

3 comentários:

  1. Oi pastor! Deus sabe pq estou visitando seu blog a essa hora, mas confesso ao senhor que ainda não consegui entender como amar sem gostar. Que Deus me ajude a entender isso e colocar em prática. Só posso dizer que ao ler esse assunto em especifico aqui no seu blog, meu coração se enche de paz. Como posso fazer para falar com o senhor ou com a pastora Liane pessoalmente?

    Deus abençõe o senhor!

    MB

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de mencionar meu e-mail: marcia.karine09@gmail.com

    Grata!

    MB

    ResponderExcluir

Aviso Importante !

Favor Mencionar E-mail quando fizer seu comentário.
Deus abençoe